Projetos

Creche

A creche Casa da Esperança conta hoje com 58 bebês de 1 a 3 anos e 11 meses em horário integral (das 7 às 17 horas, de segunda a sexta), onde recebem apoio pedagógico, cinco refeições diárias, atividades de lazer e cultura, assim como também a utilização da metodologia cristã.

Projeto Continuidade

Oferecemos reforço escolar para alunos de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental que não desenvolveram competências compatíveis com seu ano por meio de atividades diferenciadas da sala de aula, elaboradas e planejadas a partir de avaliação individual.

Projeto Videira

Voltado às gestantes, o Projeto Videira oferece suporte material e emocional às futuras mamães da comunidade das Carolinas. O projeto tem reunião semanal nas manhãs de segunda-feira, onde as mulheres encontram um espaço seguro para relatos de experiências, aconselhamentos e descontração. Além do apoio emocional essencial à essa fase delicada, as grávidas também recebem instruções sobre o período de gestação, saúde reprodutiva, planejamento familiar e orientação nutricional, além de um kit completo com enxoval mãe e bebê.

Escolinha de Esportes

O Projeto visa contribuir no desenvolvimento intelectual e físico das crianças e jovens da Comunidade das Carolinas e região, criando condições para a melhoria da qualidade de vida e o estimulo ao convívio social e coletivo, buscando assim resgatar valores esquecidos, construindo cidadãos conscientes de seu papel na sociedade, tendo conhecimento de seus deveres e direitos. As aulas acontecem nos sábados à tarde, tendo duas turmas de futsal masculino e uma turma de handebol feminino.

BASE – Escola Colaborativa

Oferecemos capacitação profissional a jovens em situação de vulnerabilidade social tanto para prepará-los para o ingresso no mercado de trabalho como para dar suporte a iniciativas de empreendedorismo.

Consultas médicas

Assistência médica a crianças atendidas pela Casa da Esperança por um médico voluntário.

 Curso de inglês

O projeto oferece aulas de inglês para as comunidades atendidas pela Casa da Esperança, com o objetivo de tornar o aprendizado de inglês mais popular, uma vez que ainda é muito restrito no Brasil, possibilitando aos alunos transformar sua realidade e adquirir interesse e na aprendizagem. Com professores voluntários, há uma média de 12 alunos por turma, que têm o privilégio de aproveitar os benefícios de aprender um novo idioma: maior acesso ao mercado de trabalho, aumento da autoestima, possibilidade de fazer amigos ao redor do mundo e contato com pessoas de diferentes culturas.